O Reage, grupo voluntário contra as drogas realizou ações sobre prevenção e debates em torno do assunto atendendo 20 mil pessoas.

Composta por representantes de organizações sociais, a Reage tem entre seus objetivos a promoção do relacionamento, troca de experiências entre gestor público e segmentos da sociedade civil, por meio do conhecimento, divulgação, reflexão e aplicação das políticas públicas.

Há três anos a Reage desenvolve atividades em Botucatu (SP). Hoje uma das principais necessidades é de mais voluntários para a lista de ações que são realizadas na cidade.

Participantes durante evento que debateu o tema das drogas na Câmara Municipal.

As ações de voluntariado de prevenção às drogas:

  • Ciclo de Diálogos na Comunidade
    O ciclo de diálogos busca identificar os problemas relacionados às drogas, com participação da população, entidades, guardas municipais e CRAS. Para criar estratégias de prevenção para adolescentes no trafico ou no uso de substâncias químicas.
  • Impacto na Comunidade – Prevenção às drogas:
    Atividade realizada no Monte Mor, participação de grupos de dança, teatro, comes e bebes com apoio da prefeitura e entidades sociais comparecendo mais de 1.000 (mil), pessoas no evento.
  • Organização do II MÊS de Cuidados e Prevenção às Drogas:
    Atividades em todos os CRAS, CREAS, em todas as unidades de saúde, capacitação para educadores e unidade básicas de saúde, audiência publica, visitas de escolas Municipais e Estaduais no Serviço de Atenção e Referência em Álcool e Drogas (SARAD), alcançando diretamente mais de 2 mil pessoas, fora a divulgação nas rádios, jornais e televisão.
  • I Fórum REGIONAL de Politicas Publicas Voltada às CTs – Comunidades Terapêuticas:
    Evento realizado no intuito de fortalecer as comunidades terapêuticas em Botucatu e região, através da participação da Febract – Federação Brasileira das Comunidades Terapêuticas, 7 cidades participaram, publico de 190 pessoas.
  • Encontro ESTADUAL de Conselhos sobre Drogas (Comads):
    No intuito de fortalecer o centro oeste paulista, para realizar o IX Encontro de Conselhos Municipais sobre Drogas do Estado de São Paulo. O evento foi promovido pelo Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas (CONED) da Secretaria de Justiça e Cidadania, Prefeitura de Botucatu e Grupo Reage. Estiveram presentes 43 cidades e público estimado de 190 pessoas.
  • Primeira COOPERATIVA Social para Comunidades Terapêuticas do Estado SP
    Criação da “Primeira Cooperativa Social voltada a Dependentes Químicos do Estado de São Paulo”, através do Auxilio da Sescoop – Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo e Febract – Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas.
  • Assessoria no Município de Buri-SP – Criação (Comad):
    Municípios estão solicitando assessoria do Grupo para implantar Conselhos Municipais de Políticas sobre Drogas.
  • Audiência Publica sobre o Cooperativismo:
    Participação da Sescoop – Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo e Febract – Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas, Gestores do Município e Projetos voltados ao cooperativismo e economia solidária.
  • Minuta da lei para criação do Conselho Municipal de Politica sobre Drogas (Comad):
    O Grupo Reage reuniu a rede de cuidados para construção da criação do conselho, acompanhando todas as reuniões no período de 2 anos, estando hoje em avaliação pelo Jurídico da prefeitura para ser encaminhado para Câmara de Vereadores.
  • Atingiram diretamente 2.000 pessoas, indiretamente através de rádios, jornais, tvs (Tv Câmara e Tv Tem), no mínimo 20 mil pessoas em 2019.
  • Trouxeram para o Município de Botucatu 50 cidades.
  • Mobilizaram Executivo, Legislativo, Judiciário, ONGs e secretaria estadual.
    -12 entrevistas nas rádios municipais.
  • 15 Notícias nos jornais, 2 no site do Governo de São Paulo.
  • Organizaram com parceria eventos Municipais, Regionais e Estadual.

Segundo a organização, tudo foi realizado através de parcerias e do voluntariado.

(do 14News com Grupo Reage)