Na última semana, o deputado estadual Fernando Cury participou de uma reunião na Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo (SEDS), para dar continuidade ao projeto de construção de uma Casa Abrigo para acolhimento de mulheres vítimas de violência na região de Botucatu, que abrange 13 cidades.

Participaram da reunião o diretor executivo da SEDS, Gabriel Henrique, os técnicos da pasta, Edson e Ana Paula, além da vereadora Cláudia Gabriel, de Botucatu, e a representante da OSC Renascer, Daniele Campos. Cury tratou dos processos técnicos para a realização do projeto e discutiu as demandas da região. “Apenas na 1ª e na 2º Varas de Botucatu existem mais de 800 processos de violência doméstica e mais de 100 medidas protetivas em andamento”, afirma o parlamentar.

Na primeira semana de novembro, o deputado Fernando Cury ouviu mulheres que atuam e militam pelas causas femininas, para entender melhor as necessidades e os desafios das mulheres e ajudar na busca de soluções. Desde então, realizou diversas reuniões para dar seguimento a ações como a criação de uma vara especializada em violência doméstica e familiar, além de um projeto itinerante para orientação e conciliação jurídica. (Da assessoria).