A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Unesp, câmpus de Botucatu, informou que, no último final de semana, aproximadamente 100kg de carne bovina, material para uso exclusivo em pesquisas científicas, foram furtados das instalações do Laboratório de Ciência da Carne, na Fazenda Experimental Lageado.

A totalidade do material furtado é composto de carne manipulada para fins de pesquisa. Ao avaliar os danos decorrentes do furto, a equipe da FMVZ constatou que parte significativa desse material recebe tratamentos com produtos químicos utilizados para acelerar sua degradação.

Trata-se, portanto, de material altamente contaminante, que pode conter resíduos químicos e é absolutamente impróprio para consumo.
A FMVZ recomenda que a população tenha cuidado para, especialmente neste momento, não adquirir ou consumir carnes sem procedência.