Jovem que faleceu no acidente. (Fonte: Sistema Prever).

Um jovem de 38 anos que trabalha como guincheiro morreu quando se dirigia ao trabalho, a caminho da base da concessionária – que fica no km 200 da Rodovia João Mellão.

A esposa da vítima contou à polícia que Daniel José Mirandola saiu de casa às 21h35, e logo após ocorreu o acidente.

Policiais rodoviários relataram que Daniel que estava de moto foi vítima de uma ultrapassagem proibida feita pelo motorista de um micro-ônibus.

O motorista do micro-ônibus contou aos policiais que fazia ultrapassagem em um caminhão quando acabou colidindo na moto que vinha no sentido contrário. O local é proibido para ultrapassagens.

O acidente foi registrado às 21h50 no quilômetro 207 da Rodovia João Melão em Pratânia.

O condutor da moto foi socorrido ao PS de São Manuel e depois ao HC de Botucatu, mas não resistiu aos ferimentos.

O motorista de 33 anos que conduzia o micro-ônibus com placas de Igaraçu do Tietê vai responder por homicídio culposo na direção de veículo automotor. O caso foi registrado no Plantão da Polícia Civil em Botucatu. O veículo pertence a uma empresa agrícola.

O jovem que morreu no acidente deixa a esposa de 37 anos, que esteve no plantão policial e Botucatu e mais 2 filhos. Ele residia na Rua Octacilio Nogueira, no centro de Pratânia. (Do 14News).