Um bate-boca na audiência pública sobre portadores de deficiência, em Botucatu, resultou em uma representação do vereador Carlos Trigo (PDT) pedindo punição ao colega de Câmara Cula Vaz de Almeida (PSDB). (Veja o vídeo abaixo)

O documento foi apresentado ao presidente da Casa, Izaías Colino, do PSDB, que analisou o caso. Segundo Colino não houve quebra de decoro parlamentar o que poderia levar a uma punição e até perda de mandato de Cula.

A discussão de debate na audiência pública realizada no final de agosto foi relacionada a um projeto de lei que implicaria em melhorias às pessoas portadoras de deficiência, mas Trigo teria dito que Carreira e Cula eram contra o projeto, acusação que foi negada por eles na mesma audiência.

Durante a discussão Cula teria dito que Trigo se aproveita da deficiência para as discussões, enquanto Trigo ficou indignado e chegou a dar um tapa na mesa durante a fala do colega vereador.

Na tarde desta quinta-feira (05) Trigo confirmou ao site Agência14News que vai representar na comissão de ética da Câmara, mas que não há nada de pessoal no pedido e sim fez esse encaminhamento porque se sentiu desrespeitado.

Por fazer parte da comissão e estar envolvido na reclamação, Trigo deverá se afastar do grupo para análise do caso. A comissão tem ainda como integrantes Jamila e Carreira, ambos do PSDB.

 

NOTA OFICIAL

A respeito de material veiculado pela imprensa nas últimas horas, esclareço não ter absolutamente nenhum problema pessoal com o vereador Cula. Dei entrada com a representação contra o mesmo junto à presidência desta casa e a Comissão de Ética do Poder Legislativo por ter me sentido ofendido quando o mesmo afirmou que “o que menos a política precisa é de pessoas aproveitadoras e pessoas que se aproveitam da própria deficiência”.

Entendo que um homem público tem que demonstrar e possuir condições éticas e respeito para ocupar o cargo de representante da população.

Neste momento aguardo por providências para que tal fato não se repita e para que tais insinuações não ocorram nem comigo e nem com nenhuma outra pessoa em situação parecida com a minha.

Mesmo com minha deficiência, sempre busquei fazer meu trabalho da melhor maneira possível dentro do legislativo e hoje tenho história e conquistas para provar que minha atuação como vereador melhorou em muito a realidade da causa das pessoas com deficiência em Botucatu.

Por esses e outros motivos é que não vou admitir em hipótese alguma que qualquer pessoa se utilize de qualquer artifício para denegrir minha imagem com inverdades.

Atenciosamente, vereador Carlos Trigo – PDT.

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(do Agência14News)