Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Botucatu

Uso de fogos de artifício em supermercado gera polêmica em Botucatu 

Uma queima de fogos realizada pelo Supermercado Confiança em Botucatu (SP)  na noite dessa quarta-feira (27) gerou muita polêmica principalmente entre protetores de animais.

Primeiro uma proterora postou em rede social a possibilidade da queima de fogos dizendo que não tinha certeza que haveria estampido, pois os tutores acreditam que os animais ficam assustados e até se machucam fugindo dos fogos, problema que também atinge pessoas com deficiência, idosos, crianças e até pacientes que estão no pronto-socorro municipal que fica perto da unidade do supermercado.

Depois, várias pessoas, entre elas o vereador Abelardo da Costa Neto teriam ligado no supermercado e o setor de marketing informou que não haveria estampido, mas na hora da soltura houve a comemoração da proximidade do ano novo com o uso de fogos de artifício com estampido (barulho).

Isso causou reclamação das pessoas. O vereador disse que não é proibida a soltura, mas a empresa não precisaria mentir para a população.

A queima de fogos do Confiança infelizmente teve estampido (barulho). Não precisavam ter mentido para mim e para outras pessoas que também ligaram lá. Poderiam ter falado a verdade, pois não tem lei que proíba”, escreveu o vereador em rede social.

Uma pessoa acabou comentando a postagem dizendo que todo tipo de barulho faria mal aos animais por isso é um exagero reclamar. “E sem falar daquele maldito homem do ovo. Meu cachorro quase morre quando ele passa. Acho que deveriam proibir vendedores e sorveteiro, o pingo não para de chorar…. Outra coisa, gente. Vocês precisam ver o desespero da cachorrinha quando passa gente na rua, coitada parece infartar… E os passarinhos que vem comer a ração deles!!! Deveriam acabar com os passarinhos”, diz o leitor chamado Fabio Henrique na mesma postagem do vereador.

A reportagem procurou a Rede Confiança e aguarda resposta.

Bauru – Enquanto isso, o Tribunal de Justiça (TJ) julgou que as leis municipais de Bauru (SP) que proibem fogos são insconstitucionais porque o assunto é de competência da União e não das cidades. A associação das empresas do ramo está questionando as leis em nome de quem fabrica e vende esses artefatos.

Botucatu também discute o assunto, fez inclusive debates na Câmara Municipal, e aguarda manifestação da Assembleia de São Paulo sobre o tema para avançar na questão. A ideia em Botucatu seria evitar os fogos com estampidos, mantendo os com cores e show de luzes.

São Manuel (SP) também tem eve lei proibindo os fogos na cidade.

Botucatu ainda terá queima de fogos em locais como Rio Bonito que todo ano faz evento para moradores, rancheiros e demais visitantes, evento que vai acontecer na passagem de ano.

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(do Agência14News)

 


Notícias similares