Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Botucatu

Museu do Café traz exposição de aquarelas da artista Paulette 

A partir desta terça-feira (07) até o dia 30 de novembro, o “Espaço Cultural” do Museu do Café recebe mais uma exposição. Dessa vez o Museu apresenta, pela primeira vez em Botucatu, as aquarelas da artista Paulette.

Natural de São Paulo, graduada em Arquitetura e Urbanismo, pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo, especializou-se em joalheria autoral. A partir de 2000 iniciou-se nas técnicas da pintura, primeiro a óleo, posteriormente em aquarela e acrílica.

Paulette participou de diversas exposições e salões com destaque para o 4º Salão de Outono da América Latina (Memorial da América Latina – 2016), 12ª Exposição de Intercâmbio – Consulado Geral do Japão em 2016, XII Bienal de Aquarela do México (2016/2017) e “Brazil in Focus” na Embaixada Brasileira no Reino Unido – Londres em 2017. Recebeu diversos prêmios e moções.

Segundo Oscar D’Ambrosio, curador da mostra, “Um dos principais desafios ao se realizar aquarelas é conseguir, com os recursos visuais que essa linguagem oferece, atmosferas que transportem o observador para novas e renovadas dimensões. A artista plástica Paulette consegue esse resultado ao oferecer múltiplas possibilidades de encantamento em cada obra”.

A produção cultural da mostra é de José Eduardo Candeias. Importante lembrar que essa exposição é a de número 54 desde 2010. A Mostra pode ser visitada no horário de funcionamento do Museu, de segunda a sexta e feriados das 8 às 17 horas. Aos sábados e domingos das 12 às 18 horas. Vale a pena visitar.

Telha
O Professor do Colégio La Salle de Botucatu, João Carlos de Souza, conhecido como “Barraca” foi portador da doação de uma telha de barro, tipo francesa, feita em nome do Diretor daquela importante Instituição de Ensino de Botucatu, Irmão Jorge Alexandre Bieluczyk.

A telha medindo aproximadamente 42 cm de comprimento por 25 cm de largura contém as seguintes inscrições: “Arnaud Etienne e Cie – Marseille St. Henry”, e está em perfeitas condições. Segundo o doador a telha fazia parte da cobertura original do Colégio La Salle que foi inaugurado em 1911 e reformado em 1985.

O Coordenador do Núcleo agradece ao Colégio La Salle, na pessoa do seu Diretor Irmão Jorge, e ao Professor João Carlos por confiarem no Museu para guardar e expor esse importante objeto.

Visita
No último dia 25 de outubro o Museu recebeu a visita do apresentador do programa “Globo Rural”, Nelson Araujo, que esteve na Fazenda Lageado para preparar matéria para seu programa e aproveitou para dar uma passadinha pelo Museu do Café.

Acompanhado pelo Coordenador do Núcleo, José Eduardo aproveitou para conhecer o acervo do Museu. Demonstrou também bastante interesse pela importante história da Fazenda Lageado.

Limpeza
As pessoas que circulam pela área histórica, principalmente ao redor dos prédios do Museu, Tulha e pela estrada que liga a área histórica à rodovia Alcides Soares, têm notado que esses locais tem merecido atenção especial.

Esse serviço está sendo conduzido pelo nosso colaborador Sr. José dos Santos Rodrigues. Assim, as laterais da estrada têm sido limpas constantemente objetivando evitar acúmulo de objetos, além de melhorar o escoamento da água da chuva. Além disso, recentemente a equipe da Área de Manutenção, também providenciou a limpeza de bocas de lobo que estão instaladas à margem da estrada.

Dessa forma a melhoria no visual, o aumento na segurança e melhoria no escoamento das águas trouxe um novo visual para o trecho. Importante lembrar que a limpeza da área da estrada defronte ao Atlético Clube Lageado é de responsabilidade daquele Clube.  

Números
O Museu fechou o mês de outubro com 2.027 visitantes. Se acrescentar esse número ao acumulado do ano de 2017 chegamos à marca de 24.817 pessoas. Já o total de visitantes desde janeiro de 2006 atinge a marca de 232.476.  

** Por José Eduardo Candeiras

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news


Notícias similares