Layse Duarte, moradora da Cohab 1 – Conjunto Habitacional Humberto Popolo –  setor sul de Botucatu (SP) conseguiu salvar em tempo o seu gatinho de 3 anos que foi envenenado. O caso aconteceu na Rua Otacílio Bernardino de Campos.

“Quero aqui deixar a minha revolta aqui na Cohab 1. Tem alguém envenenando gatos, inclusive o meu foi envenenado. Quem faz isso com os animais não tem amor em si próprio. Estou revoltada”, desabafou a moradora.

Ela diz que o seu gatinho Léo apesar de envenenado foi salvo. “Assim que percebemos algo errado levamos ao veterinário, mas já estava vomitando salsicha e chumbinho, mas o da minha vizinha morreu”.

O Léo foi salvo pela segunda vez. Na primeira logo ao nascer foi jogado na rua. “Eu o peguei e criamos com muito carinho aqui em casa, onde é tratado como um filho”, diz Layse.

A moradora fez o desabafo para que as demais pessoas tomem cuidado e não deixem os animais soltos.

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(do Agência14News)