Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Botucatu

Leitora conta como foi o atendimento telefônico para orientações do coronavírus em Botucatu 

Nesta segunda-feira (23), a leitora do 14News, Karina, de Botucatu, entrou em contato com a nossa equipe via redes sociais, solicitando orientações de como proceder em busca de atendimento médico, pois estava febril há 3 dias, com a garganta inflamada e dores musculares.

Nossa equipe a orientou a entrar em contato com a Central Coronavírus, que funciona através do telefone 3811-1519, antes de procurar atendimento médico no Pronto Socorro.

Karina contou que “fui atendida via telefone por uma agente de saúde que colheu detalhes sobre sintomas e informações de uso de medicações e sobre doenças existentes. Ela passou para a médica que as orientam e diante disso foi pedido que eu fosse ao posto de saúde mais próximo (no meu caso Centro Saúde Escola) para ser avaliada pessoalmente, de foi pedido eletrocardiograma devido o fato de ser taquicardia”.

Já no Centro de Saúde Escola, Karina recebeu orientações para fazer uso de remédios para cessar a tosse e para dores musculares. “Serei monitorada de casa, irão me ligar daqui 2 dias. E me afastaram do trabalho por 14 dias”, contou.

Karina elogiou os serviços em Botucatu. “Atendimento via telefone IMPECÁVEL. “Atendimento no Centro Saúde Escola, tanto na área de enfermagem como a médica IMPECÁVEIS!”

De acordo com o Secretário de Saúde de Botucatu, André Spadaro, apenas nesta segunda-feira (23), primeiro dia do atendimento da Central Coronavírus, foram recebidas mais de 100 ligações.

Saiba mais aqui


Notícias similares