Evangélicos comentaram um vídeo postado por pessoas de Botucatu e que seria de uma pastora da cidade, que quebra uma santa com um martelo em um terreno, onde várias pessoas estão “orando” ao lado.

O vídeo viralizou na internet e teve milhares de compartilhamentos em poucas horas”

Abaixo do vídeo postado por uma pessoa de Botucatu muitas pessoas, evengélicas ou não, fizeram colocações contra essa atitude da suposta pastora.

O Conselho dos Pastores enviou nota: “Venho por meio desta nota afirmar que o CONSELHO DE PASTORES DA CIDADE DE BOTUCATU não esteve envolvido e nem apoia nenhuma prática de intolerância religiosa. Fazendo dessa nota um pedido de perdão aos nossos irmãos e amigos católicos que se sentiram ofendidos com o vídeo de uma prática isolada que está circulando nas redes sociais. Seguimos em pregar as boas novas de Jesus Cristo o Salvador de acordo com as sagradas escrituras preservando acima de tudo o amor é respeitado ao próximo”, informou em nota assinada pelo Missionário Paulo Cruz Secretário do Conselho de Pastores de Botucatu.

 

IGREJA CATÓLICA

A Arquidiciocese da Igreja Católica de Botucatu foi procurada pelo Agência14News para comentar o assunto.

O padre Emerson Rogério Anizi disse que assistiu o vídeo e ficou surpreso com a atitude mostrada no mesmo, “pois sempre tivemos um relacionamento tranquilo com as denominações evangélicas de nossa cidade e certamente este ato foi isolado manifestando uma ignorância teológica e doutrinal inclusive, além da falta de respeito”.

Ele completa: “Nosso diálogo sempre foi tranquilo, inclusive temos uma semana por ano, denominada semana da Unidade entre os cristãos, onde celebramos juntos e buscamos pontos comuns para que possamos manter o bom relacionamento. Além do fato que nós católicos não adoramos “imagens”, mas sim veneramos a vida testemunhada de tal pessoa, que na sua humanidade soube praticar o desafio do amor e com o exemplo deste ser humano nos torna visivel a possibilidade também de nos esforçarmos para vivenciar o desafio cristão; por isso  adorar somente a Deus…os santos veneramos e admiramos o testemunho de vida de cada um”.