Nessaa quinta-feira (10) Botucatu sediou o 1º Encontro de Empreendedorismo e Liderança Feminina. O objetivo foi de promover o encontro de Mulheres para debater sobre o poder da Mulher no século XXI e como o Empreendedorismo e o exercício da Liderança podem ser uma forma de empoderamento e protagonismo na busca de um posicionamento equilibrado das mulheres em todos os papéis que exercem na sociedade.

Os temas Liderança e Empreendedorismo são extremamente relevantes nos dias de hoje, especialmente para o grupo de mulheres que até pouco tempo era excluído do meio e estiveram entre os diálogos. “A participação feminina vem crescendo rápido e aumentou cerca de 21% nos últimos 10 anos. O cenário empreendedor vem ganhando figura femininas que estão fazendo história e inspirando outras mulheres a seguirem o mesmo caminho”, informou Maria Elvira que trabalha com desenvolvimento pessoal e foi uma das participantes.

No evento houve mesa redonda de mulheres com histórias de vida marcantes, que lideram mudanças na sua vida pessoal, familiar, profissional e social. Neste painel elas conheceram a trajetória da empreendedora Erika Morales, a atuante social Maria Aparecida dos Santos, Clara Cortez (Rede Mulher empreendedora) e Geovana Anneli do Sebrae – Botucatu que discutiram o poder da Mulher no Século XXI, com mediação de Silvana Figueiredo (Suprema Automotiva).

No painel Empreendedorismo e Liderança, falou Sumaia Thomas (Especialista em carreira e maternidade) trazendo a visão de como estes dois temas caminham juntos e colaboram para maior empoderamento feminino. “A liderança feminina tem impacto positivo nos ambientes de trabalho, tornando-os mais diversos, éticos, íntegros e humanos. Quando uma mulher empreende e é dona do seu próprio dinheiro, ela vira dona de sua própria história”, informou a organização.

Nesse contexto o projeto entende que quando uma mulher é dona de sua própria história, ela tem mais chance de interromper ciclos de violência contra si e sua família. Quando mulher empreende, ela reinveste em sua família e, assim, toda a sociedade avança junto.

A intenção é ter um Espaço Mulher Empreendedora com pitch’s, exposição de produtos e negócios, oportunizando networking, conexões e aceleração de novos negócios.

Para abrilhantar o evento foi realizada a exposição fotográfica “Elas resistem” de Malu Ornelas, retratando o empoderamento feminino.

A renda do evento se reverterá para Programa de Aceleração de Carreira para 15 mulheres.

(do 14News com organização)