O Sindicato dos Metalúrgicos de Botucatu vai se reunir na segunda-feira (16) com a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) quando deve ser realizada mais uma rodada de negociação para se definir o reajuste salarial deste ano.

A queda de braço começa agora a caminhar para um tom de acordo. O sindicato de Botucatu sinaliza para levar a proposta para ser votada em assembleia e em seguida bater o martelo junto aos trabalhadores com os valores de 10% de reajuste e R$ 1.100,00 no plano de participação em resultados.

Segundo a justificativa do sindicato, como as demais unidades já aceitaram o percentual, a negociação em Botucatu perdeu força para continuar pedindo um valor maior.

Durante a semana o assunto foi motivo de polêmica com um abaixo-assinado circulando na empresa pedindo a votação urgente do aumento aos trabalhadores.