O ultrasson ocular quebrado no Hospital das Clínicas de Botucatu pode cancelar cirurgias de pacientes da cidade e da região que já estão agendadas.

Marli Bocalao, moradora de Botucatu, precisa de cirurgia e teme que seja cancelada. Ela procurou a reportagem para tentar uma solução junto do hospital. 

“Precisamos do ultrassom ocular no meu caso para fazer a cirurgia de catarata que foi marcada para o dia 12 de julho, mas o aparelho está quebrado há mais de 1 mês”, disse a paciente.

Procurada, a assessoria de imprensa do Hospital respondeu que está tentando sanar o problema. “O HCFMB informa que o ultrassom oftalmológico realmente encontra-se em manutenção. O hospital já tomou as medidas cabíveis e tem o apoio de uma clínica particular para realizar os exames mensais, a critério dos médicos solicitantes. A paciente deve conversar com seu médico, que mediante o seu caso, fará a solicitação no setor de exames externos”, informou.

A assessoria não informou quantos exames são realizados mensalmente e nem o prazo de resolver o problema.

Até esta quarta-feira (28), a paciente não tinha o seu problema sanado.

 

Curta o facebook do Agência14News e acompanhe todas as notícias: https://www.facebook.com/agencia14news

(Do Agência14News com Rádio Municipalista)