“Flor do Gueto”, um coletivo criado para empoderamento da mulher da periferia de Botucatu, realizou prestação de serviços a moradores do Jardim Peabiru, no último domingo (25). Foram atendidas aproximadamente 500 pessoas.

As atividades aconteceram na Escola Álvaro José – conhecida como Armandinho. O próximo evento acontecerá no Bairro da Mina, no dia 12 de outubro, celebrando o dia das crianças. A ideia é ainda atender o público de Vitoriana, Porto Said, Rio bonito e Alvorada da Barra. 

A organização convida voluntários e quem possa ajudar com doações para crianças carentes visando esse próximo evento em outubro.

Na última ação, os voluntários ofereçam serviços de massoterapia e Podologia pelo SENAC, enfermagem, nutrição e glicemia pela ETEC Industrial e ABAD, vacinação pela Secretaria Municipal da Saúde, assessoria jurídica pela Ordem dos Advogados, Biometria do Cartório Eleitoral, palestra sobre a Lei Maria da Penha pela Guarda Municipal, além de Primeiros Socorros pelos Bombeiros. Houve apresentação de grupo de Capoeira e Banda Marcial da AFRAPE; Patrulha da Paz da GCM e Era do Bom Humor da Ordem Demolays.

As ações buscam levar informações sobre saúde da mulher, segurança e seus direitos.

A intenção também é prestar cursos e qualificação como uma das ações que ocorreu na Afrape – Associação Fraternal Pelicano com curso de designer de sobrancelhas, auxiliar de cabeleireiros e barbearia para jovens, anteriormente.

Conheça mais do grupo: https://www.facebook.com/Flor-do-Gueto . Quem quiser ajudar pode entrar em contato pelo telefone 14-99182-5277.

(do Agência14News)