Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Botucatu

Botucatu reduziu número de acidentes e óbitos no mês de janeiro 

O Movimento Paulista de Segurança no Trânsito – programa do Governo do Estado de São Paulo que tem como objetivo reduzir o número de óbitos no trânsito até 2020 – iniciou o ano de 2017 com estatísticas positivas em relação ao número de mortes no trânsito do Estado de São Paulo.

Segundo o INFOSIGA-SP (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo) – ferramenta técnica que contabiliza e divulga mensalmente os óbitos decorrentes de acidentes de trânsito nos 645 municípios paulistas – foram registradas 408 mortes em janeiro de 2017, uma redução de 7,5% se comparada ao mesmo mês do ano passado (441 ocorrências). 

Botucatu, que aderiu ao Movimento neste ano, contabilizou um óbito em janeiro deste ano. No mesmo período do ano passado foram dois casos de vítimas fatais no trânsito local. Ao longo de 2016, Botucatu registrou um total de 37 mortes decorrentes de acidentes de trânsito. Índice considerado alto diante da densidade populacional da Cidade, hoje com pouco mais de 140 mil habitantes, conforme estimativa do IBGE. 

A redução também pode ser sentida nos acidentes de trânsito como um todo. De acordo com dados registrados através de Boletim de Ocorrência da Polícia Militar, Botucatu reduziu em 12,96% os acidentes de trânsito sem vítima (54 casos em janeiro de 2016 contra 47 em janeiro de 2017] e outros 37,14% acidentes com vítima [35 casos em janeiro de 2016 contra 22 casos em janeiro de 2017).
 
Medidas
Diante deste cenário, desde o segundo semestre do ano passado, Botucatu passou a adotar medidas mais enérgicas como ampliação da fiscalização eletrônica e redução da velocidade (traffic calming) em mais de 20 vias. Também foi providenciada a readequação da sinalização viária, o que incluiu novas pinturas de solo e substituição de mais de 2 mil placas. 

As ações de educação no trânsito continuarão a receber atenção especial do Poder Publico Municipal. O Centro Vivencial de Trânsito instalado na sede da Semutran (Rua Amando de Barros, 2.741 – Lavapés) já retomou suas atividades e prevê receber mais de 5 mil pessoas ao longo deste ano. 

Além das crianças, alunas de escolas públicas e particulares, o Centro Vivencial está preparado para receber outros grupos, de diferentes idades, com objetivo de mudar velhos e maus hábitos que pedestres, ciclistas e motoristas ainda mantêm no dia a dia. Para fazer agendamentos de visita ao Centro Vivencial de Trânsito basta entrar em contato pelos telefones (14) 3882-9888 ou 3813-3515.
 
Convênios com novos municípios
A meta do Governo do Estado de São Paulo é fechar 2017 com 52 novos municípios conveniados, que somados aos 15 já existentes, irão cobrir 71% do Estado em termos populacionais. O investimento, provenientes de multas do Detran.SP, será de R$ 100 milhões. Botucatu, Diadema, Guaratinguetá, Itaquaquecetuba, Itu, Jundiaí, Limeira, Mogi das Cruzes, Mogi Guaçu, Pindamonhangaba, Ribeirão Pires, Salto, São Paulo e Taubaté foram os primeiros municípios da listagem das 52 cidades a assinarem o início da parceria neste ano.  

O objetivo desses convênios é fornecer auxílio para a estruturação da gestão da segurança viária em cada um dos municípios selecionados e dar apoio financeiro para a realização de ações para reduzir mortes no trânsito. Com o início da parceria serão realizadas visitas de diagnóstico e construídos planos de ação contendo medidas preventivas e de melhorias com relação à infraestrutura, fiscalização e conscientização.  

Além disso, nesses municípios, é proposta a criação de um Comitê de Segurança de Trânsito, com representantes dos órgãos e setores com atuações relacionadas ao tema (Polícias Militar e Civil; Setores de Engenharia de Tráfego, Fiscalização e Educação para o Trânsito; Unidades de Saúde e Hospitais; SAMU; Corpo de Bombeiros; Detran.SP; DER e Concessionárias Rodoviárias) com o objetivo de promover análises e levantamentos de causas e soluções para a redução de acidentes e óbitos nos municípios. 

Sobre o Movimento Paulista 
É um programa do Governo do Estado de São Paulo que tem como principal objetivo reduzir pela metade os óbitos no trânsito no Estado até 2020. Inspirado na “Década de Ação pela Segurança no Trânsito”, estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) para o período de 2011 a 2020.  

O comitê gestor do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito é coordenado pela Secretaria de Governo e composto por mais nove Secretarias de Estado: Casa Civil, Segurança Pública, Logística e Transportes, Saúde, Direitos da Pessoa com Deficiência, Educação, Transportes Metropolitanos, Planejamento e Gestão, Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação.  Elas são responsáveis por construir um conjunto de políticas públicas para redução de vítimas de acidentes de trânsito no estado.  

O Movimento Paulista de Segurança no Trânsito acontece também com o envolvimento da sociedade civil, parceria estratégica do Centro de Liderança Pública – CLP e com o apoio das empresas: Abraciclo, Ambev, Arteris, Banco Itaú, Fadel, Fenaseg, Grupo Ultra, Pro Simulador, Porto Seguro e Raízen.
 
Mais informações

www.infosiga.sp.gov.br 
 
(com Assessoria de Imprensa)


Notícias similares