10 de agosto de 2022

Desde 2015 | A informação começa aqui!

Botucatu realiza 1ª Plenária Municipal de Vigilância em Saúde nesta quarta (21)

Fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS) e desenvolver ações para a construção de uma Política Municipal de Vigilância em Saúde. Esse é o objetivo da 1ª Plenária Municipal de Vigilância em Saúde de Botucatu, que ocorrerá nesta quarta-feira (21), no Sindicato dos Metalúrgicos, localizado na Rua Rodrigues Cezar, 422, na Vila dos Lavradores, a partir das 13h00. A inscrição é gratuita e deve ser feita no local.

“Esta plenária terá a importância de podermos planejar ações na área das vigilâncias em saúde, que deverão surtir efeitos positivos para a população, garantindo assim uma saúde pública de qualidade”, disse Claudete Antoniolli Donini, Chefe de Divisão de Educação em Saúde, da Secretaria de Saúde de Botucatu. 

“A vigilância em saúde é fundamental para que possamos fortalecer a nossa política pública de saúde e com certeza será de suma importância na construção de uma Política Municipal de Vigilância em Saúde, que engloba os processos de trabalho das vigilâncias epidemiológica, sanitária, em saúde ambiental e do trabalhador, além dos laboratórios de saúde pública”, completou.

A Plenária Municipal é parte da Conferência Estadual das Vigilâncias  e  tem como  tema “Vigilância em Saúde: Direito, Conquistas e Defesa de um SUS Público de Qualidade” e é aberta para a participação de usuários, trabalhadores, gestores, representantes de movimentos sociais, ONGs, entidades e instituições com atuação em defesa da saúde pública.

Programação
13h às 17h
13h – Credenciamento
13h30 – Mesa de Abertura
14h – Palestra de Abertura –  Dra.Lilyan Cristina Rocha Michaloski
14h40 – Divisão de Grupos para estudo dos Eixos Temáticos e definição de propostas.

GRUPO A – I – Papel da Vigilância em Saúde na Integralidade do cuidado individual e coletivo em toda a Rede de Atenção à Saúde;
                     VII – Implementação de políticas intersetoriais para promoção da saúde e redução de doenças e agravos, inclusive as negligenciadas;

GRUPO B – II – Acesso e Integração das práticas e processos de trabalho das vigilâncias epidemiológica, sanitária, em saúde  ambiental e do trabalhador e dos laboratórios de saúde pública; 
                          III – Acesso e Integração dos saberes e tecnologias das vigilâncias: epidemiológica, sanitária, em saúde ambiental  trabalhador e dos laboratórios de saúde pública;

GRUPO C – IV – Responsabilidades do Estado e dos governos com a Vigilância em Saúde;
                    VIII – A participação social no fortalecimento da Vigilância em Saúde.

  GRUPO D – V – Gestão de risco de estratégias para a identificação, planejamento, intervenção, regulação, ações intersetoriais, comunicação e monitoramento de riscos, doenças e agravos à população;
VI – Monitoramento de vetores e de agentes causadores de doenças e agravos, inclusive as negligenciadas;

16:00 h- Apresentação das Propostas em Plenária
17:00 h- Encerramento

Serviço
Sindicato dos Metalúrgicos
Rua Rodrigues Cézar, 422, Vila dos Lavradores 
Tel.: (14) 3882-1981

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news 

(com Assessoria de Imprensa)

Redação 14 News

Redação 14 News

Você pode gostar também

Fique informado

Receba nossas news em seu e-mail.

Publicidade

Mais recentes