No sábado (18), a CPFL fez troca de postes na Rua Rosa Maria de Camargo Basseto entre a ciclovia e a Escola do Jardim Flamboyant, em Botucatu. Hoje, 4 dias após o serviço, os moradores ainda encontram muitos fios soltos de telefone e internet, além de sujeira de terra na base dos postes.

A moradora Célia Levy diz que algumas empresas foram ao local e retiraram parte dos fios, mas ainda existia, como mostram as imagens, muitos cabos soltos em frente à creche e escola. Ela relata ainda que está desde sábado sem internet.

A CPFL informou que avisa as empresas quanto à troca de postes para que possam reposicionar os seus cabos. A Claro se manifestou alegando que os fios soltos não são da empresa.

A Fibranetcom também informou ao 14News que acompanhou o trabalho e reposicionou os seus fios.

A Vivo que seria a dona dos cabos soltos – segundo as outras prestadoras disseram não se manifestou sobre o assunto quando foi procurada pela reportagem.

A Defesa Civil Municipal também esteve no local e segundo os moradores recolheu alguns fios, pois também houve acidente com um caminhão, que deixou cabos nas ruas.

As demais empresas procuradas não responderam ao questionamento.

A Câmara Municipal reuniu recentemente as empresas para fazer uma faxina geral de fios na cidade, ação que ainda não foi divulgada.

O caso também foi enviado à Prefeitura para providências legais como de fiscalização.

Na Rua Pedro Carmelin Neto, no Parque 24 de Maio, o problema de fios soltos dura mais de 3 meses.

Sobre a terra na calçada devido à troca do poste a CPFL respondeu nesta quarta-feira. “A previsão é de que o reparo do passeio seja feito ainda hoje”.