Nessa quarta e quinta-feira, 18 e 19 de setembro, 10 servidores da Vigilância Ambiental em Saúde de Botucatu – sendo nove agentes de combate as endemias e um médico veterinário – receberam treinamento para contenção de animais selvagens.

A capacitação foi ministrada pelos profissionais do Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Selvagens (CEMPAS) da UNESP de Botucatu, através de aulas teóricas e práticas sobre métodos de contenção desse tipo de animal.

Para preservar a integridade de um animal selvagem resgatado ferido ou em situação de risco, o emprego de técnicas adequadas de contenção é fundamental, pois evita o estresse do momento da captura e aumenta as chances de recuperação e soltura.

 

(com Vigilância Ambiental em Saúde)