Nesta semana, o 14News recebeu vídeo de cães atacando um homem de moto que caiu ao tentar evitar as mordidas, na Vila Antártica, em Botucatu.

Segundo os moradores, é comum esses animais – que são das redondezas – andando por ali.

A reportagem procurou o vereador Rodrigo Palhinha para entender como a situação está sendo tratada na cidade.

“Se são cães agressores, a pessoa deve acionar imediatamente o canil municipal. Uma equipe vai ao local, a priore para fazer uma orientação educativa. Caso não seja acatada, é lavrado um BO e a pessoa pode responder judicialmente. Inclusive encaminhamos um antiprojeto para o Executivo tratando da Causa Animal e um dos artigos trata desse assunto”, comentou.

A ideia é alterar a questão punitiva também. “Uma das coisas que vai mudar é exatamente isso. Um dos papéis vai ser educacional, acho que o principal, porém vamos ter que ter punições”, afirmou Palhinha.

O artigo 10 diz o seguinte: “O proprietário ou responsável por animais domésticos responderá administrativa, civil e criminalmente pelos atos danosos cometidos ou provocados pelos animais, estando ou não na presença deles, incluindo os danos físicos e materiais a qualquer pessoa, seres vivos ou bens de terceiros”. A proposta é de multa de R$500,00 (por animal), em caso de reincidência o valor dobra.

O caso em questão da Vila Antártica será repassado para o canil verificar.

Para denunciar um caso – Canil municipal (14) 3811-1515 e após às 16h30 na GCM: 199.