Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Botucatu

Ramiro Viola volta a cantar após tratar por 5 anos sério problema na corda vocal 

Na quarta-feira (23/09), às 21 horas o cantor sertanejo, Ramiro Vióla – com acento por um batismo artístico da inesquecível Inezita Barroso – voltou a soltar a voz. Ele ficou 5 anos sem cantar devido a um rigoroso tratamento. Mesmo com cautela devido às glândulas que vão se restaurando aos poucos. É preciso paciência e retorno gradativo.

Era um tumor com cirurgia e radioterapia. “Estou aqui depois de quase 5 anos sem cantar devido a um problema sério. Passei por cirurgia e 35 secções de radioterapia na corda vocal esquerda, tudo abaixo de Deus que me abençoou com a cura para eu assim poder voltar para as minhas sagradas cantorias”, comentou o cantor.

Após voltar a cantar, Ramiro gravou um trecho de música e encaminhou aos amigos pelo WhatsApp.

“Agradeço de coração a equipe médica da Unesp que cuidou de mim com amor e carinho: (Otorrino) Drª. Regina, Drª. Cíntia, Drª. Débora, Drª. Elaine. (Oncologia) Dr. Carlos, Dr. José Vicente. (Radiologia) Dr. Batista e seus auxiliares, Enfermeiros Adilson e Rafaela, Atendente Karina. A todos a minha gratidão. Obrigado Jesus, Nossa Sra. Aparecida, minha Família e a todos que Oraram por mim… minha Fé me trouxe de volta”, disse Ramiro Viola que para consagrar o retorno cantou Rio Bonito dos autores Serrinha e Dr. Rodolfo Carbonari.


Letra da música:

Viola venha comigo
Vamos ao campo chorar
Saudade andou por aqui
Bateu na serra de lá

Passou pelo Rio Bonito
Nas asas de um sabiá
Chegou na casa da rosa
Fez a rosa soluçar
Ai, ai

Envolvido na saudade
Meu pensamento vagueia
Naquele lindo recanto
Em noites de Lua cheia

A brisa sopra na água
A água bate na areia
A areia fica na praia
Onde o meu amor passeia
Ai, ai

Neste meu cantar sincero
Com grande satisfação
Abraçado na viola
Encostada ao coração

Na melodia cabocla
Vou fazendo a saudação
Pra gente da minha terra
Meu Brasil e meu sertão
Ai, ai

Meu rancho na beira d’água
Foi feito com tanto amor
Agora ninguém imagina
Do jeito que ele ficou

Todo feio esburacado
Que o vento ainda não levou
Igualzinho ao coração
Da mulher que me deixou
Ai, ai

O mundo é uma escola
O destino nos conduz
Todos os caminhos da vida
Terminam sob uma cruz

Adeus campinas de flores
Casinha onde eu morei
Adeus saudade doída
Coração que eu tanto amei

Adeus campinas de flores
Casinha onde eu morei
Adeus saudade doída
Coração que eu tanto amei
Ai, ai

-Rio Bonito (Serrinha e Rodolfo Carbonari) – Homenagem da família Carbonari

Ramiro Vieira de Andrade (Ramiro Viola) e Antonio Luís Nóbile (Pardini) forma a dupla Ramiro Viola & Pardini em novembro de 1999.

Em 2002 gravaram o primeiro CD intitulado “Violeiro Matuto”com participações especiais da saudosa Inezita Barroso e Carreiro e Carreirinho. Em 2007 gravaram o seu 6º CD “Minha Terra, Minha Vida” com 10 músicas voltadas para a história da cidade de Botucatu.

Ramiro Vióla & Pardini, já se apresentaram nos mais variados programas deste imenso Brasil. Eis alguns deles: Cabana Sertaneja do SBT Bauru, Viola Minha Viola da TV Cultura SP, Canal Rural SP, TV Serrana de Botucatu, Amigos da Viola SBT Jaú, TV Modelo Bauru, Canal do Boi Piracicaba, TV e Rádio Anhanguera de Goiânia, TV Beira Rio de Piracicaba, EPTV de Ribeirão Preto no Programa Caminhos da Roça, Bom Dia São Paulo e Bom Dia Brasil da TV Globo SP, Reportagens para a TV GLOBONEWS, TV Rede Vida c/ Mário Zan, Canto da Viola TV Record Bauru, Super Útil TV Band de Presidente Prudente. Além de Rádios e Jornais em grande parte do território Nacional.

Ramiro Vióla é detentor de um dos maiores e mais completos acervos de música sertaneja de raiz do Brasil com aproximadamente 100.000 (cem mil músicas). (Com site Nossa Viola).


Notícias similares