O governador João Doria entrou neste sábado com queixa crime na polícia contra os responsáveis por um vídeo que segundo ele é fake gravado da casa de sua vizinha.

“Na filmagem, ela faz a falsa acusação de que o filho do governador estava fazendo festa em plena pandemia. A casa onde havia o som em volume mais alto fica na mesma rua onde reside o governador e seu filho. Mas nesta casa não havia festa, nem aglomeração. Foi solicitado à dona da casa que abaixasse o volume, e o pedido foi prontamente atendido por ela”, traz nota da assessoria do Estado.

Segundo ainda a nota: “Não houve portanto festa, música ao vivo e muito menos a prática de aglomeração na residência. O filho do governador sequer mora no local, nem estava em São Paulo nesta data. A pena para crime de difamação é de um ano e quatro meses de prisão”.

O estado de São Paulo vive desde sábado fase vermelha só permitindo atividades essenciais ou venda por entrega ou drive thru.

No sábado, reportagem com helicóptero da TV Record mostrou grande aglomeração de passageiros em uma das estações da Capital.

GOVERNADOR JOÃO DORIA É AMEAÇADO DE MORTE

O governador João Doria sofreu nova ameaça de morte na tarde deste domingo, 7. A informação foi dada pela assessoria do Governo.

Após ter acesso ao conteúdo das ameaças, o governador encaminhou as mensagens aos seus advogados, que formalizaram a denúncia ao departamento de crimes cibernéticos da Polícia Civil. O governador Doria lamentou o episódio. “A tática de tentar intimidar a mim e aos meus familiares não vai fazer com que eu desanime de continuar lutando, defendendo a ciência, salvando e vitas e trabalhando pela vacinação de todos os brasileiros”, observa.

Números da pandemia

O Estado de São Paulo registra neste sábado (6) 61.417 óbitos e 2.107.687 casos confirmados durante toda a pandemia.

Entre o total de casos diagnosticados de COVID-19, 1.865.993 pessoas estão recuperadas, sendo que 208.313 foram internadas e tiveram alta hospitalar.
O número de pacientes internados é de 18.785, sendo 10.493 em enfermaria e 8.292 em unidades de terapia intensiva, conforme dados deste sábado.
As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 80,9% na Grande São Paulo e 79,5% no Estado.

Hoje, os 645 municípios têm pelo menos uma pessoa infectada, sendo 629 com um ou mais óbitos. A relação de casos e óbitos confirmados por cidade, junto com o perfil, pode ser consultada também em: www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus. (Dados divulgados em 06/03/2021 – 17h35).