O lavrador Agnaldo Guilherme Assunção foi preso após confessar ter matado a menina Emanuelle Pestana de Castro, 8, em Chavantes