A intervenção “Alvorada Negra”, de Johnny Faustino, propõe a ocupação de alambrados botucatuenses com o intuito de provocar reflexão sobre o processo colonizatório como uma das bases do racismo atual, desta forma contribuir para o debate em torno do tema.