Previsão da Organização Mundial da Saúde é que casos de violência doméstica aumentem devido ao isolamento social imposto no Brasil pela crise do coronavírus