-Vice governador Rodrigo Garcia e o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi durante o anúncio dos leitos

Cidades que compõem a Diretoria Regional de Saúde de Bauru – DRS 6 terão a implantação de 208 novos leitos para atender pacientes da Covid-19. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (03) pela assessoria do deputado estadual Fernando Cury.

“Estive reunido na manhã dessa quarta-feira com o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, apresentando o pedido e justificando a necessidade de investir numa melhor estrutura de combate e tratamento contra o novo coronavírus. Agora no final da tarde, novamente ao lado dele, do vice-governador e secretário de Governo, Rodrigo Garcia, e na presença de prefeitos dos municípios dessa região, tive a confirmação que o nosso pedido foi atendido”, explicou.

De acordo com Cury, há o compromisso de custeio e investimento pelo Estado. “Serão 112 leitos de UTI e 96 leitos de enfermaria, e assim que tudo isso for se efetivando, temos a expectativa de retomar, ainda com os cuidados necessários, as atividades, porque um dos critérios adotados para a classificação das regiões conforme o Plano São Paulo é o número de leitos disponíveis e sua taxa de ocupação. Esse nosso trabalho é fundamental para cuidar e oferecer condições de atendimento para a população, além de pensar na economia e fonte de renda das pessoas, com a reabertura dos estabelecimentos comerciais, respeitando as medidas adotadas pelas autoridades de saúde”, afirmou.

O deputado destacou que o Hospital das Clínicas da Unesp de Botucatu, referência para 70 municípios, terá 10 novos leitos de UTI. “O HC já conta com 30 leitos, antes custeados pelo Governo Federal, mas com o fim desse credenciamento, conseguimos que essa estrutura seja custeada agora pelo Governo do Estado, totalizando 40 leitos. Na região de Botucatu, teremos possivelmente leitos também em Conchas, com a adequação do Hospital Municipal, na Santa Casa de Laranjal Paulista e no Hospital Casa Pia São Vicente de Paulo, em São Manuel”, disse.

O parlamentar falou sobre Jaú e demais regiões. “Para a Santa Casa de Jaú, referência para 12 cidades da região central do Estado, são 58 novos leitos, sendo 30 de enfermaria e 28 de UTI. Na região de Lins, teremos leitos em Lins e Promissão; na região de Avaré, os leitos serão implantados na Santa Casa de Taquarituba; e na região de Bauru, os leitos serão abertos em Bauru, Pederneiras e Lençóis Paulista”, acrescentou.

Fernando Cury enalteceu o empenho do Hospital Amaral Carvalho, de Jaú, no combate à doença. “O Amaral Carvalho é reconhecido pela excelência no tratamento oncológico, e em meio à pandemia, abriu suas portas para oferecer 39 leitos para pacientes diagnosticados com o novo coronavírus, sendo 29 de enfermaria e 10 de suporte ventilatório. Tudo isso ficará disponível com regulação de vagas para todas as cidades da Diretoria Regional de Saúde – DRS 6”, completou.

DEMANDA – O deputado estadual Fernando Cury aproveitou a oportunidade para reforçar o pedido que trata sobre a implantação do DRS 18 – Departamento Regional de Saúde de Botucatu e Avaré.

“Temos atuado nisso junto ao Governo e seguimos lutando por essa conquista. A criação dessa regional, abrangendo as cidades das regiões de Botucatu e Avaré, sem dúvida nenhuma, irá garantir um atendimento melhor e mais rápido para a população”, finalizou.



REPERCUSSÃO EM BAURU

Pode ser uma imagem de 1 pessoa, em pé e ao ar livre

A Prefeita de Bauru, Suéllen Rossim que tem sido criticada pelo Governo do Estado de não cumprir integralmente o Plano São Paulo fez comentário em sua rede social sobre os novos leitos.

“Recebi a informação de que em reunião com prefeitos da Região, a qual eu não fui convidada, o Governo Estadual vai aumentar 112 leitos de UTI para a região de Bauru. Agora, é fiscalizar o andamento da implantação das vagas para que saia realmente do papel. O próximo passo é abrir em definitivo o Hospital das Clínicas. Sigo!!! MÉRITO DO POVO!!!”.

Mais de 1,56 milhão de pessoas já estão recuperadas da COVID-19 no estado

O Estado de São Paulo registra nesta quarta-feira (3) 53.704 óbitos e 1.807.009 casos confirmados durante toda a pandemia.

Entre o total de casos diagnosticados de COVID-19, 1.565.915 pessoas estão recuperadas, sendo que 181.708 foram internadas e tiveram alta hospitalar.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 67% na Grande São Paulo e 67,8% no Estado. O número de pacientes internados é de 12.938, sendo 6.993 em enfermaria e 5.945 em unidades de terapia intensiva, conforme dados das 10h30 (não consegui ver o horário por conta do quadradinho de libras) desta quarta-feira.

Hoje, os 645 municípios têm pelo menos uma pessoa infectada, sendo 620 com um ou mais óbitos. A relação de casos e óbitos confirmados por cidade, junto com o perfil, pode ser consultada também em: www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus. (Dados atualizados em 03/02/2021 – 17h20 Do Governo do Estado).