O professor Antonio Luiz Caldas Jr fez uma projeção se a vacinação não tomar ritmo mais rápido e se manter da maneira que está Botucatu a população só conseguiria vacinada em outubro de 2023.

“Muita gente dizendo que a VACINAÇÃO tá devagar. Minha amiga Rosangela Martins diz que está em “ritmo de tartaruga cansada”… Mas a coisa não tá assim. Tá pior… Olhe esta projeção para os municípios que tem campus da Unesp. Com base no andamento da vacinação até 5/3 e nas populações municipais, Prof. Vieira e eu fizemos esta estimativa sobre em quanto teremos 70% das populações vacinadas… (Se eu fosse o coronavírus mudava pra São Vicente, viu, Danilo Leite)”, escreveu o professor Caldas, médico e professor da Unesp de Botucatu.

Pode ser uma imagem de uma ou mais pessoas, cosméticos e texto que diz "VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 em municipios sede de campus da Unesp Quando seria atingida meta de imunizar 70% da população, se for mantido ritmo atual(*) de aplicação de segundas doses? jun-23 out-23 Dracena Botucatu Preto Boa Vista nov-23 Assis nov-23 Bauru nov-23 Manilia Rosana mar-24 jun-24 jun-24 jun-24 CCINATE nov-24 dez-24 Franca Araçatuba Tupă Campos Rio Claro Registro Ilha Solteira fev-25 Ourinhos Pres. Prudente São Paulo Jaboticabal dez-24 mar-25 dez-25 VACCINE jun-26 jun-26 jul-26 Araraquara Itapeva Guaratinguetá Sorocaba Vicente out-28 jan-31 Estimativa no número de segundas doses aplicadas até 05/03/21 70% da população. Fontes: IBGE #VacinaJá-São Paulo Elaborado Caldas Vieira,"