Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Geral

População deve reforçar medidas de prevenção à dengue no verão 

Com o verão se aproximando e as chuvas tendo maior incidência, a população deve se atentar para um velho inimigo: o Aedes aegypti.

Neste período onde as chuvas são mais frequentes e as temperaturas elevadas, o mosquito Aedes aegypti se prolifera com mais facilidade, pois além das condições climáticas favoráveis, ele encontra nos recipientes existentes com água parada nos imóveis, o local perfeito para depositar seus ovos.

Além dos recipientes abastecidos mecanicamente como os bebedouros de animais, pratos e vasos de plantas, ralos, reservatórios de água e piscinas, com a chegada das chuvas, latas, potes, frascos, garrafas e brinquedos mal armazenados, calhas e superfícies sem escoamento de água adequado, são outras possibilidades comuns para o Aedes aegypti se proliferar.

Portanto, é preciso total atenção nos próximos meses para que não haja alta infestação desse mosquito, pois quanto maior sua presença, maior é a chance de circulação das arboviroses transmitidas por ele como a dengue, Chikungunya e Zika vírus.

Mesmo em meio a pandemia, a Vigilância Ambiental em Saúde continua de forma a orientar a população e combater possíveis criadouros, através de seus agentes em visitas domiciliares. Os agentes estão preparados para a realização do serviço seguindo todos os protocolos de saúde e prevenção a Covid-19.

Em 2020, Botucatu registrou apenas 42 casos confirmados de dengue, sendo 21 casos autóctones e 21 casos importados.


Notícias similares