Uma carta assinada pela direção da Santa Casa Irmandade de Misericórdia de Jahu que foi direcionada à Regional da Saúde de Bauru mostra que a unidade entrou em colapso com uso de praticamente todo o hospital, como sala de sutura, para atender pacientes com Covid-19.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Também foi divulgado o boletim da Prefeitura de Jaú sobre os números atuais. A Cidade com cerca de 150 mil habitantes tem o dobro de óbitos frente a Botucatu, por exemplo, que tem a mesma média de habitantes.

A carta com o fato do colapso em Jaú foi comentado com o prefeito Anderson Prado de Lençóis Paulista se preocupando com a situação nas cidades da região.

“É assim, fatídico e pesado, que termina o ofício da Santa Casa de Jaú aos departamentos da Diretoria Regional de Saúde de Bauru. Se você ainda duvida da saturação da rede regional, leia o apelo dos diretores do hospital jauense.

É com preocupação extrema que peço aos cidadãos que sigam os regramentos sanitários, as medidas higiênicas e façam uso da máscara. O sinal de alerta acendeu a semana passada, portanto, é preciso, mais do que nunca, que a sociedade civil faça a sua parte.

Apesar de Lençóis Paulista estar com disponibilidade de leitos de enfermaria e de UTI neste momento, é temeroso que não passemos incólumes à falta de vagas e de recursos humanos, pois quem atua na linha de frente está em esgotamento e há dificuldade para abrir nossas equipes de trabalho.

Que Deus proteja e abençoe. Sempre. Agora, mais do que nunca”.