Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Destaques

Droga, chip e anotações são apreendidos com visitantes em unidades prisionais 


A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que, no último final de semana (dias 11 e 12), agentes de segurança flagraram visitantes tentando entrar com droga, chip de telefonia celular e anotações em presídios abrangidos pela Coordenadoria da Região Noroeste (CRN).

Diferente da maioria dos finais de semana, quando visitantes tentam burlar a vigilância introduzindo os ilícitos no próprio corpo, desta vez os ilícitos estavam em sacolas e no meio de vasilha de alimentos.

Em todos os flagrantes, a Polícia Militar (PM) foi acionada para registrar boletim de ocorrência. Também foi aberto procedimento interno para apurar o envolvimento dos presos que receberiam os materiais ilícitos nas unidades prisionais.

Vale destacar que, mesmo com a ampla divulgação na mídia das crescentes apreensões em todo Estado de São Paulo, visitantes seguem tentando burlar as revistas, sem sucesso, graças à perícia de agentes penitenciários aliada à tecnologia dos escâneres corporais

Penitenciária “Valentim Alves da Silva” de Álvaro de Carvalho

No Sábado (11), por volta das 16h50, quando da saída das visitantes do estabelecimento prisional, em revista a bolsa de uma mulher, foi encontrado um bilhete oculto em seu interior com informações, “recados” e número de telefone. Ao ser indagada ela informou que levava o papel a pedido de seu companheiro.

A visitante foi notificada e o sentenciado isolado preventivamente, para apuração da conduta da visitante e do sentenciado.

Penitenciária “Rodrigo dos Santos Freitas” de Balbinos

Também no sábado, às 8h30, na “P1” de Balbinos, um agente realizava revista de rotina nos pertences da esposa de um reeducando, quando encontrou no fundo da sacola um chip de telefonia celular, embaixo de uma vasilha de alimento. Indagada ela disse que não sabia da presença do chip e que havia emprestado a sacola de uma amiga fora da unidade.

A mulher foi notificada e suspensa do rol de visitas, sendo o fato informado a Polícia Civil e Militar, além de instauração de procedimento para apurar a responsabilidade do sentenciado.

Penitenciária “Sgto PM Antônio Luiz de Souza” de Reginópolis

No sábado (11), por volta das 12h40, ao submeter os pertences de uma visitante a revista manual, foram encontrados em uma vasilha com alimentação 04 invólucros contendo erva esverdeada e desidratada, análoga a maconha. A autoridade policial foi acionada para lavratura de boletim de ocorrência, quando a mulher foi presa em flagrante. O sentenciado que receberia as drogas foi isolado preventivamente no pavilhão disciplinar para a apuração dos fatos.

Já no domingo (12), às 8h30, uma senhora também foi barrada após agente de segurança que realizava a revista manual encontrar 05 invólucros de erva com aspecto de maconha, em vasilha de comida que levaria para o neto. A mulher argumentou que a vasilha lhe foi entregue por outra visitante, a qual ela não sabia o nome, mas poderia identificar. Ao identificar a mulher que visitaria outro reeducando, ela foi chamada pela equipe de agentes e teve seus pertences revistados, onde não fora encontrado nada ilícito, mas havia uma vasilha contendo fita crepe grafada com o nome da visitante interceptada com a maconha.

Ambas as visitantes, assim como a droga, foram encaminhadas a Delegacia de Polícia para providências cabíveis. Os dois reeducandos que seriam visitados pelas citadas foram encaminhados ao pavilhão disciplinar para apuração dos fatos

(com assessoria)


Notícias similares