Ação desencadeada pela Dise – Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes de Botucatu e coordenada pela Delegacia Seccional da Polícia Civil, na Operação Carnaval causou desabastecimento aos pontos de tráfico na cidade.

O trabalho terminou com apreensão de 7 quilos de cocaína pura e 2 quilos de crack, o que geraria 50 mil papelotes de drogas. É a maior apreensão deste ano.

“Com isso a gente espera que se dê um golpe no tráfico durante o carnaval de Botucatu. Atuamos de forma a pegar a droga no atacado”, comentou o delegado Paulo Buchignani.

Um homem de 41 anos foi preso na Vila Maria, e segundo a polícia, ele guardava a droga para uma facção criminosa.

Atuaram os investigadores Basseto, Alexandre, Valmir, Emerson, João Margarete e escrivão Bruno.

O inquérito será presidido pelo delegado Marcos Mores.