Doria durante coletiva sobre a covid-19

O Governador João Doria anunciou nesta quinta-feira (14) a retomada, por parte do Estado de São Paulo, dos pagamentos antecipados de 13º salário (na data de aniversário) e 1/3 das férias a todos os servidores públicos paulistas.

A medida foi possível graças ao ajuste fiscal promovido pelo Governo e revoga o Decreto 64.937 de abril de 2020 – este suspendia os gastos dessa natureza devido à crise econômica e o impacto na arrecadação causados pela pandemia de Covid-19.

Assim, a atual gestão garantiu que os aniversariantes de janeiro já recebessem, no último dia 8 (quinto dia útil do mês), o pagamento antecipado do 13º salário.

Com o reajuste das contas, SP estima obter cerca de R$ 7 bilhões em recursos para manter programas em áreas como saúde, educação e segurança pública, além de custear despesas com pagamento de servidores, manutenção e qualidade dos serviços públicos e ampliação da capacidade de investimento do Estado.

A decisão de suspender os pagamentos foi tomada no início da pandemia, em abril de 2020, na esteira de um corte de R$ 2,3 bilhões nas contas para que a administração estadual pudesse honrar os compromissos e enfrentar a crise econômica que se anunciava.