O médico infectologista Alexandre Naime Barbosa disse nesta quinta-feira ao 14News que analisa serem necessárias medidas ainda mais restritivas por conta do aumento de casos da Covid-19.

– Infectologista Alexandre Naime Barbosa

“Infelizmente, neste momento que estamos vivendo, como foi o comentário que fiz hoje na Folha de São Paulo que foi capa da Uol, nós temos que pensar em medidas muito mais restritivas, até mesmo semelhantes ao lockdown. Então, por conta da falta de responsabilidade da população, principalmente nas festas de fim de ano, e a falta de fiscalização onde esses encontros aconteceram, vários setores econômicos vão perder e vão ter prejuízo em nome de uma medida mais segura. Porque essa tsunami de casos, infelizmente, não tem perspectiva de queda”, comentou.

Algumas pessoas estavam compartilhando uma entrevista anterior do especialista onde elas dizem que o comércio não seria o principal foco de transmissão, e sim essas festas. Nesse sentido, o infectologista explicou que no seu comentário ele enfatizou que alguns setores vão pagar de maneira desproporcional, e que o principal culpado, são as aglomerações em festas clandestinas.