Uma das pessoas que passearia com a carreta fez um vídeo.

Quem estava passeando na Carreta da Alegria neste final de semana em Botucatu reclamou porque não pôde continuar o seu divertimento, mas segundo a Guarda Civil Municipal (GCM) os organizadores não tinham alvará e foram orientados a solicitar o documento na segunda-feira (10).

A Carreta da Alegria é um caminhão colorido, cheio de luzes, e com personagens que vão animando os passeios com danças e brincadeiras, e durante o trajeto descem do veículo e chamam a atenção com as brincadeiras nas ruas.

Uma pessoa gravou um vídeo alegando que a Carreta demorou 7 meses para conseguir voltar a Botucatu e que estava sendo barrada.. O caso ocorreu em uma praça do Jardim Itamaraty.

Uma moradora informou que o alvará venceu na sexta-feira.

Sem alvará, em caso de acidente, os serviços responsáveis pela liberação também são cobrados, como Prefeitura e Corpo de Bombeiros.

A reportagem conversou neste domingo (09) com o subcomandante da GCM que explicou, que ao ser comunicada, fez sua função de aguardar a regularização do serviço.

Também disse que será dada orientação em reunião que deve ocorrer nesta segunda-feira dos integrantes não subirem em muros para se ter um limite e não causar problemas aos moradores e não se envolverem em acidentes.

VÍDEO: