O presidente da Rodovias do Tietê, Emerson Bittar disse durante reunião realizada nessa sexta-feira (14) na sede do governo do Estado que a serra será liberada até quinta-feira (20). O mesmo deve ocorrer com a pista em Santo Antonio de Sorocaba que está impedida depois que cedeu.

O encontro que reuniu prefeitos da região e foi agendado por Mário Pardini teve a participação do governo estadual e especialistas que fizeram um levantamento técnico indicando a necessidade de redutores de velocidade como radar.

A última curva tem sido local de mortes onde caminhões acabam tombando no trecho. Toda a serra está fechada devido às chuvas de segunda-feira (10).

Na segurança ficou definido que os radares precisam ter autorização da Artesp – Agência de Transporte do Estado de São Paulo. Isso teria apoio do governo estadual para agilizar esse dispositivo.