Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Botucatu

Profissionais dizem que não sabiam de paciente suspeita de coronavírus no PS 

DCIM\100MEDIA\DJI_0002.JPG

Profissionais que atuam no PS da Unesp procuraram o site 14News nesta semana dizendo que havia uma paciente com suspeita com coronavírus na unidade, mas que elas não foram avisadas, e só souberam do caso quando viram a mulher no saguão onde se aguarda atendimento.

Por conta dessa informação, o 14News procurou o HC para que se pronunciasse. Os profissionais que procuraram a reportagem dizem que não podem ter o nome divulgado para não serem prejudicadas. Elas alegam que tentaram levar o problema também aos seus superiores.

Segue a mensagem recebida pelo 14News:

“Uma nota que vocês divulgaram – aonde diz que todos os servidores seguiram protocolos….
Não e verídico….nós colaboradores que estávamos no plantão na noite de sexta feira, dia 28, que foi quando a paciente deu entrada, nem conhecimento tínhamos que receberiamos uma paciente nessas condições. Avisaram só quem achavam que deveriam avisar, mas não toda a equipe que estava de plantão. Como falam que o HC está apto a receber demanda deste caso de possíveis coronavirus se nem os funcionários avisam para não fazer alarde?. Nós funcionários do PS deveríamos ter passado por um treinamento de manejo, EPI’s, coletas de exames, palestras….mas nada não recebemos nada”.

Continua: “O coronavírus é uma precaução por aerossóis (ar) e contato (se a pessoa tosse,espirra e passa a mão na parede,balcão,maçaneta essas coisas). A paciente chegou de maca e paramentada, até aí certo. Foi para o isolamento e coletou os exames: também certo. Mas foi liberada andando e abrindo portas, sentou no sofá de espera, bebeu água no bebedouro. E aí????
Cadê a precaução por contato…..já foi ne….relou em tudo o que pôde. Quando eu falo equipe eu me refiro a todos….enfermagem,limpeza, portaria, controladores de acesso,segurança tudo….e muita gente”.

NOTA DO HC DA UNESP

O HCFMB é reconhecido como hospital referência para o tratamento de casos graves de COVID-19 e segue o plano de ação, implantado pela Secretaria da Saúde do Estado (SES), para atendimento de casos suspeitos por infecção pelo novo coronavírus. O protocolo orienta os servidores no diagnóstico, tratamento e isolamento dos casos.

O Núcleo Hospitalar de Epidemiologia (NHE) e a Comissão de Controle de Infecção Relacionada à Assistência (CCIRAS) do HCFMB divulgaram orientações e têm realizado treinamentos constantes com os servidores sobre o fluxo de atendimento dos casos e os protocolos que devem ser seguidos. Essas orientações foram reforçadas nesta semana área por área aos servidores, para que todas as dúvidas sejam esclarecidas.

É importante destacar que os casos graves serão tratados no HCFMB, em área de isolamento e com fluxo previamente discutido e organizado com a equipe multiprofissional. Os casos menos graves ou suspeitos serão triados nas Unidades Básicas de Saúde do município.

DESTAQUES:

https://www.pacaembu.com/produto/vida-nova-botucatu

Notícias similares